Jornada na JUFRA de Santa Maria-RS

A Juventude Franciscana Fraternidade Utopia РSanta Maria/RS РRegional Sul 3 realizou nos dias 2 de dezembro e 10 deste mesmo m̻s atividades referentes a II Jornada Franciscana Nacional pelos Direitos Humanos - propostas pela Subsecretaria Nacional de Direitos Humanos, Justi̤a, Paz e Integridade da Cria̤̣o. No dia 02/12 - foi realizado um encontro de forma̤̣o com o irṃo Arthur de Leon e a irṃ Andressa Baccin Рonde mostraram a import̢ncia da preserva̤̣o da cria̤̣o com a mensagem do G̻nesis e do anti-G̻nesis Рo que estamos fazendo com a sociedade? Polui̵̤es, desmatamentos, destrui̵̤es, geralmente para uso de poucos e de pessoas com alto poder aquisitivo. Foi refor̤ada a relev̢ncia de sermos jufristas Рjovens franciscanos e por isso devemos agir para, pelo menos, plantar algumas sementes de transforma̤̣o, seguindo os passos de Ṣo Francisco de Assis.
Ainda neste dia (02/12) foi colocada a ligação direta existente entre justiça ambiental e justiça social demonstrando exemplos presentes no Rio Grande do Sul e também as futuras obras que serão realizadas em nosso país - como usinas hidrelétricas e também obras para a Copa em 2014, que apenas vão esconder a pobreza e excluir ainda mais os sujeitos que mais necessitam. A partir desse dia, com os questionamentos e proposições dos irmãos e irmãs, no dia 10 de dezembro, decidimos realizar uma conscientização em nossa cidade. A partir do diálogo, entrega de panfletos e exposição de cartazes da Jornada. Para obtermos maior aceitação da sociedade, houve divulgação em programas de rádio e jornal local – como evento do dia - a conscientização da Fraternidade. Assim em sinaleiras e ruas no centro da cidade a Fraternidade realizou essa atividade em nome da Justiça Sócio-Ambiental.
Após essas atividades podemos perceber que essa experiência foi muito positiva, apesar da pouca adesão dos integrantes da Fraternidade. Demonstrando a importância de começarmos a ter mais coragem para desempenhar essas tentativas de transformação. Que nós como jufristas no Rio Grande do Sul devemos participar ainda mais ativamente dos acontecimentos a favor dos excluídos, nos casos de injustiça social, ambiental e acima disso prezar com mais fervor pela paz e os direitos humanos. Já que “o amor não é amado” – devemos saber o porquê disso para agirmos como focos de mudança, muitas vezes até em nossas atitudes ou nas atitudes dos irmãos e irmãs da Fraternidade. Paz e Bem! Andressa Baccin dos Santos - Santa Maria-RS Sub Reg de DHJUPIC - Regional Sul 3 (RS) Secretária Fraterna Local – Fraternidade Utopia

Comentários

Wigna OFS/JUFRA disse…
Parabéns, irmãos (ãs). É a JUFRA do Brasil, na luta por direitos humanos. Paz e bem!

DESTAQUES

BLOGS


INSTAGRAM @JUFRADOBRASIL