domingo, 4 de outubro de 2009

MENSAGEM À JUFRA DO BRASIL POR OCASIÃO DO DIA DE SÃO FRANCISCO/2009

Queridos(as) irmãos (as) da Jufra do Brasil, paz e bem!

Ainda estamos sentindo o perfume das comemorações do oitavo centenário do carisma franciscano, onde revivemos o sonho de Francisco de Assis, daquele século XIII.
Ele se apresenta hoje, para nós jufristas, com uma mensagem atual, como se estivesse vivendo aqui conosco: valores de paz, amor, verdadeira amizade e fraternidade entre os povos e principalmente, em nosso caso, na família franciscana.
Francisco foi exemplo de filho que toda família, naquela época, queria, mas depois de sua conversão caiu no conceito da sociedade italiana tradicionalista. Lembremos: estamos sendo esse exemplo de filho (a) em nossas famílias?
Segundo, quando Francisco de Assis abraçou a pobreza, a vida itinerante, serviu de exemplo para muitos jovens da época. Daí, pergunto: somos (de um modo pessoal) esse exemplo para a sociedade, para a nossa família e para as nossas fraternidades?
Mais do que oportuno refletirmos essa questão, uma vez que Francisco foi jovem como nós e certamente passou pela turbulência dessa fase da vida, mas num contexto diferente. Hoje, temos
nossos medos: ausência de pessoas queridas, desemprego, desqualificação profissional, e tantas outras coisas.
Quero dizer aqui, que o pobrezinho de Assis não está muito distante de nós. E é por isso que nos identificamos com ele (a alegria, a festa, o amor ao próximo e às criaturas e a simplicidade do viver).
Neste dia em que celebramos sua vida, sua memória, sua passagem por aqui, desejo a todos os jufristas do Brasil uma ótima festa e que cada um desperte em si e apresente o melhor que tiver de Francisco em você, pois como o próprio descreveu a verdadeira fraternidade, “o irmão perfeito” se dará somente com o somatório dos melhores dons de cada um.
Felicidades para todos!
Que o Senhor nos abençoe e nos guarde.
Um forte abraço fraterno a todos. Vosso irmão-menor e servo.

Jackson dos Santos Barbosa, OFS/JUFRA
Secretário Fraterno (Presidente) Nacional
O que achou?

0 comentários: