quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

Economia de Francisco e Clara: organizações católicas lançam plataforma virtual para fortalecer iniciativa do Papa Francisco


A plataforma virtual www.casacomum.com foi desenvolvida para mobilizar a sociedade brasileira a  se envolver na iniciativa convocada pelo Papa Francisco, que tem como objetivo construir narrativas e práticas para uma economia que seja centrada no cuidado com a casa comum e no desenvolvimento humano e integral de todos os seres. 

Na última terça-feira (09/02/2021) foi lançada a plataforma Casa Comum, um espaço virtual de mobilização, reflexão e intercâmbio de experiências entre organizações católicas que apoiam a agenda do Papa Francisco desde a convocação do evento internacional “Economia de Francisco”. 

A plataforma permitirá que católicos e católicas, organizações da sociedade civil, acadêmicos e demais pessoas interessadas possam apresentar suas reflexões sobre os temas prioritários do evento -- as chamadas Vilas Temáticas. Entre os doze temas principais estão agricultura e justiça, estilos de vida, redução das emissões de gases causadores das mudanças climáticas e a participação das mulheres para construir uma economia com equidade. Além da votação nos temas prioritários, os usuários poderão se inscrever na plataforma para participar do fórum de discussão, assinar uma carta que será enviada ao Papa Francisco, receber materiais sobre o tema e cadastrar eventos e campanhas das suas organizações. 

A Cáritas Brasileira é uma das organizações que participam da coalizão que construiu a plataforma. Para Marcela Vieira, assessora nacional da Cáritas, “a plataforma Casa Comum será um espaço para que nós possamos, em unidade, fortalecer esse anúncio do Papa para fortalecer uma economia que já existe nos territórios, que cuida da criação, que cuida de todos os seres. É um espaço para divulgar nossas ações, fortalecer os debates e visibilizar práticas concretas de economia solidária”. 


O secretário executivo do Observatório Socioambiental Luciano Mendes de Almeida (OLMA), Luiz Felipe Lacerda, também contribui na elaboração e afirma que “ devemos congregar forças, criando sinergias ao redor de temas que abordem elementos estruturais deste sistema que nos ameaça. A Economia de Francisco e Clara é um destes temas e, frente à tamanha diversidade de enfoques que aborda e aos complexos desafios que se propõe a enfrentar, essa plataforma será um espaço importante para convergências, um espaço democrático para que todos e todas possam chegar e construir coletivamente”.

Além da Cáritas e do OLMA, participam do projeto coordenado pela Purpose Climate Labs o Movimento Católico Global Pelo Clima (GCCM), o Conselho Nacional do Laicato, a Pastoral da Juventude Nacional, MAGIS Brasil, SARES - Manaus, Juventude Franciscana (JUFRA) e o Observatório de Juventudes da PUC-PR.


0 comentários: