terça-feira, 17 de março de 2020

NOTA: Orientações em virtude à prevenção do Coronavírus (COVID-19)




“Viu, sentiu compaixão e cuidou dele.” (Lc 10,33-34)“Conscientizar, à luz da Palavra de Deus, para o sentido da vida como Dom e Compromisso, que se traduz em relações de mútuo cuidado entre as pessoas, na família, na comunidade, na sociedade e no planeta, nossa Casa Comum” (CF 2020).


CLIQUE AQUI E BAIXE A NOTA: Nota JUFRA do Brasil

NOTA: Orientações em virtude à prevenção do Coronavírus (COVID-19)
“Onde houver desespero, que eu leve a esperança”
Irmãos e irmãs, paz e bem!

Em virtude da colaboração na prevenção e combate à transmissão da pandemia COVID-19 (Novo Coronavírus), a Juventude Franciscana do Brasil decide suspender todos os Congressos Regionais Eletivos e Avaliativos por tempo indeterminado. Esse esforço se soma à ação preventiva a partir de notas emitidas pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e pela Ordem Franciscana Secular do Brasil (OFS).

A juventude, em sua maioria, não faz parte do grupo de risco do vírus, mas não podemos ser egoístas diante do cenário. Assim como somos provocados pela Campanha da Fraternidade deste ano, com o lema: "Viu, sentiu compaixão e cuidou dele" (Lc 10,33-34), precisamos cuidar da vida de cada um de nossos irmãos e irmãs, seja dos que estão doentes, bem como ajudando a evitar que outros também fiquem. Se por um lado, podemos passar praticamente ilesos por essa pandemia, pessoas do nosso convívio familiar talvez não estejam nestas mesmas condições. A vida é compromisso de todos nós, e precisamos assumi-la com coragem! 

A suspensão e adiamento dos encontros e reuniões das fraternidades locais devem seguir as orientações das dioceses e dos governos municipais e estaduais, levando em consideração a situação de cada local. Salientamos que tal medida tem caráter preventivo, pelo compromisso da nossa juventude com toda a sociedade. Estamos seguindo as orientações que foram emitidas pelo Ministério da Saúde e Secretarias Estaduais de Saúde à toda população sobre os cuidados para evitar a propagação do vírus. Ressaltamos ainda a necessidade de mantermos a calma, redobrarmos a atenção quanto às notícias que circulam em diversas redes sociais, verificando as fontes e combatendo a disseminação de notícias falsas. O Ministério da Saúde disponibilizou um número de Whatsapp para receber informações virais, que serão apuradas pelas áreas técnicas e respondidas oficialmente sobre a veracidade. Qualquer cidadão pode enviar gratuitamente mensagens com imagens e textos recebidos pelas redes sociais para o número (61) 99289-4640, a fim de verificar a procedência das mesmas. Além de evitar a divulgação de mensagens falsas, precisamos denunciar essas atitudes.

“Tenhamos igual firmeza para discernir informações, desconsiderando notícias falsas, que se alastram com facilidade. Seu desejo é o de nos enfraquecer e abater. Não hesitemos, portanto, em buscar sempre a verdade das informações. Evitemos que o medo nos torne mais vulneráveis. Deus nunca nos abandona e, nos momentos mais difíceis, nós o podemos sentir ainda mais próximo em seu amor e sua paz” (Tempos de Esperança e Solidariedade - CNBB sobre o Coronavírus/2020).

É necessário uma maior atenção e cuidado às pessoas idosas e aos demais do grupo de risco. Devemos incentivar que as famílias ajudem a resolver trâmites burocráticos e fazer compras, por exemplo, buscando o resguardo dos nossos irmãos e irmãs mais vulneráveis diante do novo vírus. Precisamos estar à serviço de todos e todas que necessitam da nossa ajuda. 

“Os cuidados com higienização pessoal e do ambiente, bem como evitar aglomerações são regras que precisam ser seguidas por todos, com irrestrita atenção e cuidados, a partir da própria consciência, regida pelo bom senso e pela fraternidade” (Tempos de Esperança e Solidariedade - CNBB sobre o Coronavírus/2020).

Não podemos nos desesperar, tampouco ignorar a situação que estamos vivendo. Somos responsáveis pela nossa vida e pela vida de todos à nossa volta. Existem diversas medidas de prevenção ao contágio e precisamos estar atentos à elas, praticando-as e incentivando aos nossos próximos. Vamos reforçar a divulgação das orientações de prevenção e redobrar nossos cuidados.

Assim como rezamos na Oração pela Paz, especial para nós franciscanos e franciscanas, “onde houver desespero, que eu leve a esperança”. A esperança é o sentimento que nos faz enxergar um caminho a seguir, nos faz ter forças para enfrentar as crises e dificuldades. Diante de todo o cenário mundial e nacional, precisamos de muita fé, atenção e cuidados para superar este momento. Juntos, em fraternidade, somos mais fortes!

Fraternalmente, em nome do Secretariado Fraterno Nacional,


José Douglas Soares Cordeiro de Souza
Secretário Fraterno Nacional (2019/2022)

CLIQUE AQUI E BAIXE A NOTA:
Nota JUFRA do Brasil


O que achou?

0 comentários: