domingo, 22 de dezembro de 2019

Deus está conosco!



Emanuel: Deus está conosco! Esta é a profecia anunciada pelo profeta Isaías: “Pois bem, o próprio Senhor vos dará um sinal. Eis que uma virgem conceberá e dará à luz um filho, e lhe porá o nome de Emanuel.” (Is. 7, 14)

Estamos encerrando nosso tempo de advento, se aproximando ainda mais a vinda de Deus, Ele quer ficar conosco, nascer em nossos corações e não apenas na manjedoura. Emanuel é anunciado pelo profeta como o mistério entre o Pai que já era conhecido e o Filho que nascia de uma mulher para dizer ao seu povo que o próprio Deus estava com e entre eles, sendo os dois um só. Ele veio ao encontro dos homens para lhes oferecer uma proposta de salvação e de vida nova.

O 4º domingo do advento encerra a espera pela vinda de Cristo, antecedendo o Natal, representando os ensinamentos dos profetas que anunciaram um Reino de Paz e Justiça. A própria liturgia deste domingo nos prepara e nos orienta para o nascimento do Jesus, que vem simples, humilde, desapegado de tudo, mas Rei e Senhor. E a Igreja nos põe diante do grande mistério da Encarnação do Verbo. Paralela à fidelidade de Deus que cumpre suas promessas messiânicas, a Igreja nos apresenta a fidelidade de Maria, em quem cumpriram as Escrituras.

A celebração do nascimento de Jesus recorda e celebra um fato fundamental: Deus nos ama de tal forma que continua a vir ao nosso encontro. Neste tempo de espera da vinda, fomos convidados a tomar consciência do amor de Deus, que se manifesta numa presença permanente a nosso lado; Ele nos dá a mão e partilha conosco a estrada da vida, para podermos enfrentar todos os desafios.

Neste domingo também somos convidados a inserir e celebrar a campanha “Um Natal Indígena”, elaborada por institutos, comissões, pastorais e movimentos, inclusive a nossa Jufra do Brasil. Essa é uma campanha que nos convida a realizar um gesto de solidariedade com os nossos irmãos das comunidades indígenas neste tempo litúrgico no qual adoramos o Senhor que nasce em uma manjedoura. O Papa Francisco nos convidou a olhar para o Presépio como um SINAL ADMIRÁVEL. Inspirados pelo Deus que nasce no meio dos pobres, como pobre, possamos estar juntos/as daqueles/as que neste momento da história estão na manjedoura sem nenhuma proteção.

Deus conosco, Emanuel. Essa é a mensagem principal do Evangelho. Um Deus bondoso que ainda está no meio de nós, que se faz presente e que quer nascer dentro de cada um, por isso, o tempo do advento é o tempo de preparo e espera para essa vinda, para esse nascimento. Ele não nasce apenas na manjedoura, mas naqueles lugares onde menos esperamos, no meio dos pobres, dos excluídos, do seu povo sofrido e abandonado, onde não há esperança nem olhares.

Que possamos estar com o coração aberto para seu nascimento, atento às comunidades que também esperam a sua vinda e se fazer presente onde o Senhor também quer nascer, se não é possível sua presença, ofereça então sua oração. Que Deus nos abençoe e que possamos recebe-lo da melhor forma possível. Alegrai-vos e exultai, Deus está conosco!

Rafael Carneiro de Sousa
Sec. Fraterno Nacional de Ação Evangelizadora
O que achou?

0 comentários: