sexta-feira, 23 de novembro de 2018

9ª JORNADA FRANCISCANA NACIONAL PELOS DIREITOS HUMANOS

Queridas irmãs, queridos irmãos, paz e bem!

Com entusiasmo, fé e esperança apresentamos a nossa 9ª Jornada Franciscana Nacional pelos Direitos Humanos. Com tema “Diálogos de paz e Superação da Violência: 800 anos do encontro entre São Francisco e o Sultão” e lema: “a paz é fruto da justiça” (Is 32,17), somos chamados/as a erguer uma só voz profética na construção da paz, fruto da justiça, na defesa da dignidade da pessoa humana e do bem comum.

                                                         
No próximo ano celebramos os 800 anos do encontro entre São Francisco e o Sultão. Em 1219, São Francisco encontrou com o Sultão al Malik al Kamil no Egito (Damietta), durante a quinta Cruzada dos Cristãos contra os Muçulmanos. Francisco, que buscava o fim do conflito e da guerra, encontrou em Malik al Kamil uma pessoa aberta ao diálogo e a construção da paz. Através desse encontro, Francisco e o Sultão nos ensinam como é importante o respeito às diversidades e a promoção da dignidade das pessoas.
                                                         
Hoje, após 800 anos desse encontro, temos acompanhado uma onda crescente da intolerância e do fanatismo religioso, do ódio às minorias e da criminalização dos mais pobres e marginalizados. Vivemos um avanço das forças conservadoras com um discurso de falso patriotismo, que busca manter os privilégios de uma minoria através da retirada de direitos fundamentais, gerando mais desigualdade, violência e exclusão.
                                                         
Nesse contexto, a celebração dos 800 anos do encontro entre Francisco e o Sultão nos mostra um caminho a seguir, principalmente no dialogo inter-religioso, na construção da paz e da Fraternidade Universal. O tema da violência é transversal a todas as dimensões sociais e tem sido cada vez mais presente na realidade brasileira. Segundo Papa Francisco, “A paz social não pode ser entendida como mera ausência de violência obtida pela imposição de uma parte sobre as outras. A dignidade da pessoa humana e o bem comum estão por cima da tranquilidade de alguns que não querem renunciar aos seus privilégios. Quando estes valores são afetados, é necessária uma voz profética”.
                                                         
Assim, em consonância com a Campanha da Fraternidade 2018, nos juntamos como uma só família franciscana nessa 9ª Jornada Franciscana Nacional pelos Direitos Humanos. Anime sua fraternidade e comunidade local para fazer parte dessa construção. Que possamos, juntos, seguir os passos de Francisco de Assis e Francisco de Roma para ecoar nossa voz profética pela superação da violência em todas suas dimensões, promovendo a paz, fruto da justiça, e a fraternidade universal à luz do Evangelho e do carisma franciscano.

Para baixar os materiais, clique aqui.
                                                          
Fraternalmente,
                                                                                                        
Frei Éderson Queiroz
Presidente da Conferência da Família Franciscana do Brasil

Helio da Costa Gouvêa
Coordenador Nacional JPIC da OFS

Igor Bastos
Secretário Nacional de DHJUPIC da Jufra do Brasil

Maria José Coelho
Ministra Nacional da OFS
                                                         
Washington Lima
Secretário Fraterno Nacional da Jufra do Brasil

O que achou?

0 comentários: