sexta-feira, 26 de agosto de 2016

CONVOCAÇÃO: 22º GRITO DOS EXCLUÍDOS



 “Reconhecemos nós que este sistema impôs a lógica do lucro a todo o custo, sem pensar na exclusão social nem na destruição da natureza? Se é assim – insisto – digamo-lo sem medo: Queremos uma mudança, uma mudança real, uma mudança de estruturas. Este sistema é insuportável: não o suportam os camponeses, não o suportam os trabalhadores, não o suportam as comunidades, não o suportam os povos.... E nem sequer o suporta a Terra, a irmã Mãe Terra, como dizia São Francisco”.
Papa Francisco - IIº Encontro Mundial com os Movimentos Populares


Queridas/os irmãs e irmãos,

Já se aproxima a 22ª edição do Grito dos/as Excluídos/as, uma articulação nacional que nasceu da necessidade de dar voz ao povo, às minorias e à população historicamente excluída pelo sistema e pelo Estado. Inspirado nos ensinamentos do Papa Francisco durante o IIº Encontro Mundial com os Movimentos Populares, ocorrido na Bolívia, em 2015, o lema “Este sistema é insuportável: exclui, degrada, mata” nos provoca a sermos agentes das mudanças urgentes e necessárias em um sistema global e excludente, onde a lógica do mercado e do lucro sobressai ao valor da vida.
De acordo com a coordenação nacional de articulação, “o Grito precisa continuar acontecendo e manifestando indignação diante de um sistema político e econômico que exclui e descarta a maioria da população da participação e decisão dos rumos do país”. O Grito não começa e nem termina no dia 7 de setembro. É um espaço permanente para que movimentos sociais organizados se manifestem e cobrem direitos já assegurados em nossa Constituição Federal.
Diante deste contexto, setores ligados às Pastorais Sociais da Igreja optaram por estabelecer canais de diálogo e lutas permanentes com a sociedade. Assim, a JUFRA do Brasil também se junta aos movimentos sociais, instituições, organizações da sociedade civil e pastorais para a construção do 22º Grito dos/as Excluídos/as. Animem suas fraternidades, paróquias e comunidades para se juntarem nesta luta por direitos, justiça e paz.
O Papa Francisco nos convida a levantarmos nossas vozes dizendo juntos: “Queremos uma mudança, uma mudança real, uma mudança de estruturas. Este sistema é insuportável: não o suportam os camponeses, não o suportam os trabalhadores, não o suportam as comunidades, não o suportam os povos…E nem sequer o suporta a Terra, a irmã Mãe Terra, como dizia São Francisco”. Que unidos e inspirados pelo Francisco de Assis e o Francisco de Roma, possamos unir nossas forças para sermos agentes das mudanças urgentes e necessárias no mundo, buscando sempre a vida em primeiro lugar.

Fraternalmente,

Igor Bastos
Secretário Nacional de DHJUPIC
Direitos Humanos, Justiça, Paz e Integridade da Criação.
Triênio 2016 / 2019

Washington Lima dos Santos, JUFRA/OFS
Secretário Fraterno (Presidente) Nacional da JUFRA do Brasil

Triênio 2016 / 2019

BAIXE AQUI OS ANEXOS:






O que achou?

0 comentários: