sexta-feira, 10 de julho de 2015

JUFRA DO BRASIL PARTICIPA DO ECONTRO DO PAPA FRANCISCO COM MOVIMENTOS POPULARES NA BOLÍVIA

Depois de quase um ano do primeiro encontro do Papa Francisco com os movimentos populares, em Roma, as organizações sociais voltaram a ser encontrar com o Pontífice em Santa Cruz da Serra, na Bolívia.

Mais de 1.500 delegados de diversos movimentos populares do mundo inteiro, junto a dezenas de bispos e agentes pastorais, participaram de três dias de reuniões, análises e debates sobre os problemas sociais e ambientais que eclodem no mundo inteiro. A JUFRA do Brasil foi representada por Maria Aparecida Brito (São Paulo), Elson Matias (Paraíba) e Igor Bastos (Minas Gerais). O presidente boliviano, Evo Morales, e João Pedro Stedile, da coordenação nacional do MST, também estavam entre os participantes.

A atividade, que aconteceu entre os dias 7 a 9 de julho, teve como eixos principais a questão da terra, da moradia e do trabalho, na busca de uma concepção comum sobre os distintos conflitos que afetam a soberania dos povos no mundo.

Desde sua posse, o Papa Francisco vem demonstrando preocupações em relação a estas temáticas. No mais recente documento oficial escrito por ele (a Encíclica "Laudato Si, Sobre o Cuidado da Casa Comum"), o pontífice coloca o clima no centro de suas preocupações, encarando toda a complexidade ambiental através da Ecologia Integral.

Há algumas semanas, Francisco também denunciou a grilagem de terras em países pobres por empresas multinacionais e de outros Estados, recomendando fortemente o apoio à agricultura familiar de subsistência.

No primeiro encontro com os movimentos populares, em outubro do ano passado, Francisco defendeu a Reforma Agrária e fez duras críticas ao modelo do agronegócio, ao ressaltar que "a reforma agrária é, além de uma necessidade política, uma obrigação moral".


Ao final do encontro, os movimentos entregaram ao Papa uma carta com os resultados do trabalho dos três dias de trabalho, e as medidas mais urgentes para que Francisco possa colocá-las na Assembleia das Nações Unidas de Nova Iorque e em outros foros internacionais.
O que achou?

2 comentários:

Anônimo disse...

Gostaria muito de participar dessa bela família.

Maria Heloísa

Maria Verônica Avelino OFS/JUFRA - Natal - RN disse...

Muito importante esta participação da Jufra do Brasil o Encontro do Papa com os Movimentos populares, pois incentiva a participação social e inserção no meio do Povo, como povo que somos... Parabéns, é uma pena que sejamos tão poucos nesta participação, mas vamos que vamos ampliando para mais jovens...