terça-feira, 26 de maio de 2015

JUFRA DO BRASIL POR UMA REFORMA POLÍTICA DEMOCRÁTICA E ELEIÇÕES LIMPAS

A Juventude Franciscana do Brasil, juntamente com mais de cem entidades nacionais, como a CNBB e a OAB, têm lutado por uma Reforma Política Democrática que atenda aos anseios da população. Com quase 700 mil assinaturas físicas coletadas em todo o Brasil, o projeto de lei propõe a extinção do financiamento das campanhas políticas por empresas, paridade de sexo, eleições proporcionais em dois turnos e o aperfeiçoamento de mecanismos de democracia direta.

Porém, o projeto que está sendo debatido na Câmara dos Deputados é considerado uma “contra-reforma” que representa um enorme retrocesso para a democracia brasileira. Entre as propostas está o sistema eleitoral batizado de “distritão”, que é um modelo não proporcional que acentua o personalismo e o abuso do poder econômico, em detrimento de partidos, ideologias e propostas. (Saiba mais em: http://www.ihu.unisinos.br/noticias/542966-distritao-o-fim-dos-partidos-politicos-e-a-volta-dos-coroneis).

Além disso, há a proposta de constitucionalização do financiamento empresarial de campanha. A partir deste financiamento é que se inicia o processo de corrupção no país, onde os parlamentares eleitos passam a representar os interesses particulares das empresas e não os interesses coletivos de seus eleitores, o que representa um verdadeiro estelionato eleitoral.


Com isso, reafirmamos nossa posição junto à Coalizão pela Reforma Política Democrática e Eleições Limpas e apoiamos também à coleta virtual de assinaturas. Para assinar, acesse o link: http://www.avaaz.org/po/brasil_eleicoes_limpas_lkcd/?slideshow. É evidente que o Congresso não irá se “autorreformar” e contrariar seus próprios interesses, acabando com seus privilégios.  A hora é de unirmos as forças e intensificar a luta contra o retrocesso e pela Reforma Política Democrática. Assinem e divulguem a proposta na sua diocese, comunidade, paróquia, fraternidade, e junte-se a nós na luta pela soberania popular, buscando a dignidade humana, o bem comum e a justiça social.

Fraternalmente,
Mayara Ingrid
Secretária Fraterna Nacional da JUFRA do BRASIl

Igor Bastos

Secretário Nacional de DHJUPIC
O que achou?

0 comentários: