domingo, 3 de abril de 2011

Seminário de Ituporanga recebe visita da JUFRA de Florianopólis


A tranquilidade do Seminário São Francisco de Assis de Ituporanga (SC) foi quebrada no último Domingo (27) com a visita dos jovens do Grupo Amigos Solidários pela Vida, de Lages – que passa por processo de iniciação na JUFRA –, e da Fraternidade Perfeita Alegria, de Florianópolis. O encontro fraterno, que também contou com a presença das Irmãs Franciscanas do Apostolado da Oração, de Lages, iniciou às 9 horas com a celebração da missa. A seguir, seminaristas e visitantes se dirigiram ao Espaço Cultural do Seminário para a apresentação do Grêmio Literal Santo Antônio – que existe há pelo menos 80 anos.



Neste espaço, todos os Domingos após a missa os seminaristas se revezam na apresentação de um colóquio com temas de livre escolha. Na ocasião, o seminarista Gabriel Dellandrea falou sobre a exaltação dada ao culto ao corpo nos dias de hoje, a influência negativa dos meios de comunicação e a falta de religiosidade dos jovens, citando dados de órgãos oficiais e veículos de comunicação de circulação nacional. Após sua exposição, outro seminarista fez uma crítica à sua apresentação, observando detalhes que poderiam ser aperfeiçoados para ser melhor compreendido pelo público que o ouvia. A mesa que dirigia a sessão, bem como o público presente, também fez comentários ao texto e à desenvoltura do jovem. Ana Cristina Silva, jufrista de Florianópolis, disse estar muito surpresa com a articulação do jovem na fala e na sua expressão. Ainda na sessão do Grêmio, outros seminaristas se revezaram declamando poesias de Mário Pederneiras, Geraldo Vandré e interpretando canções populares – todas exaustivamente aplaudidas.



Houve espaço também para a apresentação dos jovens de Lages e de Florianópolis. Na parte da tarde, os visitantes foram convidados a conhecer as dependências do Seminário, o pequeno museu, a gruta, o lago e os jardins que o rodeiam. Houve também uma mesa redonda conduzida pelo Frei Renato Adriano Pezenti OFM, no objetivo de explanar aos visitantes como é a rotina dentro do Seminário e como trabalhar a vocação. Os seminaristas Gabriel Paixão, Felipe César e Mateus Borsói falaram do Serviço de Animação Vocacional (SAV) e deram seus testemunhos sobre a alegria de seguir a vocação. Por fim, os visitantes disseram estar contagiados e encantados com a qualidade e a motivação dos seminaristas: “Eles demonstram estar muito felizes e tão firmes na vocação, que faz a gente ter a certeza de que teremos ótimos Freis saindo destas turmas daqui alguns anos”. De fato, é encantador saber que ainda temos jovens tão dispostos a seguir Jesus Cristo vivendo sua vocação!



Leonardo Contin da Costa
Secretário Regional Interino Sul II – Santa Catarina
O que achou?

0 comentários: