domingo, 4 de abril de 2010

Semana Santa - Domingo de Páscoa


Queridos Irmãos e Irmãs da JUFRA do Brasil, Paz e Bem!

Após quarenta dias de silencio, meditação, revisão de vida e penitência intensa, é Páscoa!Cristo que foi tentado no deserto, que se entregou, obedeceu, foi preso, humilhado e se fez pobre e crucificado, ressurge das sombras da morte e nas mãos nos traz a vida resgatada e paga com seu próprio sangue, Deus em sua infinita misericórdia, nos entrega seu próprio filho, que em sua morte e ressurreição refaz a primeira aliança quebrada pela “feliz culpa de Adão, que nos mereceu o Salvador do mundo!”.

A morte já não existe, a morte morreu! Dobrem-se os sinos, entoem nossas vozes o novo Aleluia em alto e bom som, os sorrisos voltem aos nossos lábios e a alegria aos nossos corações, a porta da salvação foi aberta, e a vida se faz intensa porque seu curso segue à caminho da eternidade feliz no seio do Pai, porque “Cristo ressuscitou dos mortos como primícias dos que morreram. Com efeito, por um homem veio a morte e é também por um homem que vem a ressurreição dos mortos. Como em Adão todos morrem, em Cristo todos reviverão. Porém, cada qual segundo uma ordem determinada”.

Para nós Cristãos-Franciscanos a quaresma tem um sabor todo especial de busca mais intensa da conversão que a própria regra nos inspira, e a ressurreição por conseguinte acaba por ter também um sentido mais amplo, é tempo de sorrir mais, de nos mostrarmos mais felizes e satisfeitos, nosso carisma enquanto jovens e franciscanos é de alegria, entrega total e fraternidade, na sociedade e ao lado dos mais desfavorecidos, é importante que trabalhemos para um mundo mais justo e fraterno onde a páscoa aconteça também na vida das pessoas que durante o percurso da vida atravessam o deserto da fome, do desemprego, do descaso, da tristeza... Esses por muitos anos não vivem a páscoa em sua plenitude, e muitas vezes estão ao nosso lado; nosso testemunho deve ser a chama de vida que conduz os que estão ao nosso redor à ressurreição, plena e conseqüentemente eterna, para isto somos chamados e isto devemos querer ser, mensageiros da ressurreição pelas palavras, obras e ações. É necessário além de desejar Feliz Páscoa ao próximo, se fazer sinal de ressurreição!
Que a Páscoa aconteça dentro de nós, ao nosso redor e no mundo, por meio do nosso testemunho, simples, humilde e intenso!

Feliz Páscoa!

Vosso irmão em Cristo Ressurrecto,


Alex Sandro Bastos Ferreira, OFS/JUFRA
Secretário Fraterno Nacionalda JUFRA do Brasil
O que achou?

0 comentários: