quinta-feira, 2 de julho de 2009

Comunicado:

Campo Grande, 29 de junho de 2009.



Caros irmãos e irmãs Evangelizadores da Juventude.


“Se a juventude viesse a faltar, o rosto de Deus iria mudar”

A juventude do jovem padre Gisley continua viva entre nós, mostrando-nos o rosto de Deus, marcando nossas vidas, alimentando nossos sonhos, convidando-nos a prosseguir.

E, como ‘prosseguir o caminho’ se torna, agora, uma das melhores maneiras de manifestarmos o nosso amor a ele, comunico-lhes que a Presidência da CNBB aprovou os nomes do P. Wander Torres Costa - Arquidiocese de Mariana - (pewandinho@yahoo.com.br) e P. Carlos Sávio da Costa Ribeiro - Arquidiocese de Natal - (padresavio@bol.com.br) a estarem comigo numa assessoria provisória até a escolha do novo assessor nacional do Setor Juventude da CNBB. Após a missa de corpo presente do P. Gisley, dia 17 de junho, em Morrinhos, o convite foi formalizado a eles pelo presidente da Comissão do Laicato – D. José Luiz Bertanha – e por mim.

Juntamente com a Cristina – secretária da Comissão do Laicato e atualmente referência do Setor Juventude na sede da CNBB em Brasília – nos reunimos nos dias 23 e 24 de junho para conhecer melhor e dar prosseguimento, na medida do possível, aos inúmeros projetos do Setor Juventude.

Desde já agradeço a disponibilidade destes dois dedicados assessores da juventude e aos seus respectivos bispos Dom Geraldo e Dom Matias. Mesmo não sendo liberados de seus trabalhos diocesanos para a função que agora assumem, Pe. Wandinho e Pe. Sávio se mostraram solícitos em colaborar naquilo que puderem para que o Setor Juventude em suas pastorais da juventude, movimentos, serviços, parcerias, etc, continue com a sua bonita caminhada tão bem conduzida, até então, por este nosso irmão que, agora, nos acompanha na eternidade com sua ternura jovem.

“Senhor,
mais uma vez agradecemos seu mistério de amor
que nos concedeu conhecer, conviver e trabalhar com o Pe. Gisley,
um precioso dom semeado no chão de nossa Igreja e de nossa juventude.
Obrigado também, Senhor, por tantas manifestações de carinho, solidariedade e respeito
vindas de todos os cantos.
Antes, este ‘jovem padre dos jovens’ já nos despertava admiração;
agora, a gente percebe que era bem maior do que podíamos imaginar.
Continue nos acompanhando em nossos
sonhos, projetos e busca de coerência com nossa vocação cristã,
chamada a se responsabilizar pela
vida de cada pessoa, santidade da Igreja, construção do Reino e de uma nova sociedade.
Amém.”


+ Eduardo Pinheiro da Silva, sdb
Bispo Auxiliar de Campo Grande, MS
Referencial do Setor Juventude da CNBB
O que achou?

0 comentários: