:::: MENU ::::
  • BAIXE AQUI CARTA ENCÍCLICA DO SANTO PADRE FRANCISCO

  • JUFRA DO BRASIL LANÇA APLICATIVO OFICIAL PARA SMARTPHONE

  • JUFRA DO BRASIL PROMOVE ESCOLAS DE FORMAÇÃO EM AE E DHJUPIC

#NOVO CADERNO DE FORMAÇÃO, JÁ BAIXOU O SEU?

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Na alocução do meio-dia, falando à multidão congregada na Praça de São Pedro para a oração mariana do Angelus, o Santo Padre recordou antes de tudo que a solenidade dos santos Pedro e Paulo que hoje é celebrada pela Igreja universal é vivida com particular alegria pela Igreja de Roma porque no testemunho destes apóstolos, selado pelo sangue, essa tem os seus próprios fundamentos:

“Roma nutre um carinho especial e gratidão por estes homens de Deus, vindos de uma terra distante para anunciar, pagando com a vida, aquele Evangelho de Cristo ao qual se tinham dedicado inteiramente. A gloriosa herança destes dois Apóstolos é motivo de orgulho espiritual para Roma e, ao mesmo tempo, um chamamento a viver as virtudes cristãs, especialmente a fé e a caridade: a fé em Jesus Messias e Filho de Deus, que Pedro professou em primeiro lugar e Paulo anunciou aos gentios; e a caridade que esta igreja é chamada a servir com horizonte universal”.

Na oração do Angelus, continuou o Papa Francisco, à memória dos santos Pedro e Paulo associamos a da Virgem Maria, imagem viva da Igreja, que os dois Apóstolos fecundaram com o seu sangue:

“Na evangelização dos dois Apóstolos aqui em Roma, estão também as raízes da profunda e multisecular devoção dos romanos à Virgem, invocada especialmente como Salus Populi Romani. Maria, Pedro e Paulo: são os nossos companheiros de viagem na busca de Deus; são os nossos guias no caminho da fé e da santidade. Invoquemos a sua ajuda, para que o nosso coração seja sempre aberto às sugestões do Espírito Santo e ao encontro com os irmãos”.

Em seguida Francisco recordou a bênção dos Pálios (durante a celebração eucarística na Basílica de São Pedro), destinados aos Arcebispos metropolitas nomeados durante o ano, e provenientes de várias partes do mundo. O Papa renovou as suas saudações e melhores votos a eles, aos familiares e aqueles que os acompanham nesta significativa circunstância, com a esperança de que o pálio, para além aumentar os vínculos de comunhão com a Sé de Pedro, seja também estímulo para um serviço cada vez mais generoso às pessoas confiadas a seu zelo pastoral.

Na mesma liturgia o Papa também saudou os membros da delegação de Constantinopla vinda a Roma em nome do Patriarca Ecumênico Bartolomeu I e para participar, como todos os anos, na festa dos santos Pedro e Paulo. Também esta presença é sinal dos vínculos fraternos existentes entre as nossas Igrejas, rezemos para que se reforce entre nós o caminho da unidade – disse o Papa Francisco, que acrescentou:

“A nossa oração hoje é sobretudo para a cidade de Roma, para o seu bem estar espiritual e material: a graça divina ampare todo o povo romano, para que viva em plenitude a fé cristã, testemunhada com zelo intrépido pelos santos Pedro e Paulo. Interceda por nós a Santíssima Virgem, Rainha dos Apóstolos”.

Depois do Angelus o Papa dirigiu uma cordial saudação a todos: famílias, paróquias, associações e outros fiéis e peregrinos vindos da Itália e das várias partes do mundo; mas particularmente o Papa saudou os fiéis de Roma, na festa dos santos padroeiros da cidade!

E felicitou os artistas que fizeram uma grande e bela exibição floral, e agradeceu a "Pro Loco" de Roma que a promoveu. E por último o Papa também dirigiu os melhores votos para o tradicional espetáculo pirotécnico que tem lugar esta noite no Castel Sant'Angelo, aqui em Roma, e cujos rendimentos servirão para apoiar uma iniciativa de caridade na Terra Santa e no Médio Oriente. E a propósito da próxima Viagem Apostólica à América Latina, o Papa acrescentou:

"Na próxima semana, de 5 a 13 de julho, parto para o Equador, Bolívia e Paraguai. Peço-vos a todos para me acompanhardes com a oração, para que o Senhor abençoe esta minha viagem no Continente da América Latina, para mim tão querido, como podeis imaginar. Exprimo ao querido povo do Equador, da Bolívia e do Paraguai a minha alegria de me encontrar entre eles. E peço a vós, de modo particular, para rezardes para mim e para esta viagem, para que a Virgem Maria nos dê a graça de acompanhar-nos a todos com a sua materna proteção".

A terminar o Papa Francisco desejou boas festas a todos. E pediu por favor para não nos esquecermos de rezar por ele, e concluiu com o habitual “Bom almoço e até logo!” (BS)

Fonte: http://pt.radiovaticana.va/news/2015/06/29/papa_pedro_e_paulo_companheiros_de_viagem_na_busca_de_deus/1154775 (Grifo nosso)

terça-feira, 23 de junho de 2015


O retiro inicial da Etapa de Formação Base da JUFRA foi realizado na fraternidade São Francisco de Assis da cidade de Pão de Açúcar, nos dias 5,6 e 7 de junho.

Nesse retiro tivemos o compromisso de cinco irmãos na Juventude Franciscana. Foi um encontro bastante produtivo, onde os irmãos estavam participativos, ansiosos e emociona
dos com um dos momentos mais importante da caminhada.


No domingo, dia 07, tivemos a Assembleia Eletiva da Fraternidade, a qual elegeu novos irmãos, e a continuidade de irmãos que foram reeleitos para os serviços.

"Que o Senhor vos abençoe e vos guarde!"

João Pedro Viana – Assessor Regional
Regional NE B1- PE/AL

sábado, 20 de junho de 2015

Olá amados irmãos da JUFRA DO BRASIL,


É com muita alegria que hoje comemoramos o aniversário da nossa amada irmã Gleice - Secretária Nacional da Área Sul

Mana querida, nós sabemos quão grande é sua luta em meio aos movimentos de base, na sua profissão, no esforço diário pela sua família, e ainda sim se dedica prioritariamente ao carisma que escolheu como ideal. Todos os teus dias de dedicação e amor ao serviço na Jufra do Brasil, hoje são bons exemplos para todos nós e especialmente para irmãos que estão iniciando a caminhada agora. Esperamos de coração que tua vida seja cheia de paz, amor e perseverança. Que tua força em defesa dos pobres e oprimidos nunca se esgote. Obrigada por cuidar tão carinhosamente dos nossos mimos, em meio a reuniões tão exaustivas, a sua simplicidade em um presente, representa a gratidão e o cuidado que devemos ter com o irmão de missão. Queríamos todos estar bem próximos de você para desejar felicitações com um abraço apertado e várias gargalhadas, como sabemos fazer quando estamos juntos. Mas tenha a certeza que estamos todos unidos em uma só missão. 


Te amamos muito, mana! PAZ E BEM

sexta-feira, 19 de junho de 2015


Aconteceu nos dias 13 e 14 de junho de 2015 na cidade de Lagoa Formosa, o Encontro Inicial da Etapa de Formação Franciscana Secular, onde 12 irmãos foram admitidos nas Fraternidades de Ordem Franciscana Secular em suas localidades.

Foram 4 irmãos da Fraternidade Alverne de Patos de Minas, 6 irmãos da fraternidade Nossa Senhora dos Anjos de Lagoa Formosa e 1 irmã da Fraternidade A caminho do Francisclarianismo de Salinas.
A admissão foi realizada na celebração eucarística do dia 13 de junho, na paróquia Nossa Senhora da Piedade de Lagoa Formosa, a celebração foi presidida por Frei Vicente OFM,cap, assistente regional da OFS/assistente local.

Os irmãos foram admitidos por Isabel Cristina, ministra da Fraternidade Monte Alverne de Patos de Minas e Maria Laura ministra da Fraternidade Nossa Senhora dos Anjos. São eles: *Frat. Alverne: Gabriel Moreira, Guilherme Alves, Gabriel Teixeira e Wladimir Oliveira. *Frat. Nossa Senhora dos Anjos: Lucas Amaral, Patrícia Carneiro, Lourença Rodrigues, Igor José, Gustavo Diógenes, Leandro Júnio e Breno Fonseca. *Frat. A Caminho do Francisclarianismo: Larissa Lima

Fraternalmente,
Gabriel Moreira
Sec. Regional de Comunicação Social, Registro e Arquivos/DHJUPIC

(com alterações por Jéssica Lima)

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Hoje foi lançada, oficialmente, a Carta Encíclica “Laudato Si” do Santo Padre Francisco sobre o cuidado da casa comum. O nome da Encíclica foi inspirado na invocação de São Francisco  «Louvado sejas, meu Senhor»,  que no Cântico das criaturas recorda que a terra, a nossa casa comum, « se pode comparar ora a uma irmã, com quem partilhamos a existência, ora a uma boa mãe, que nos acolhe nos seus braços» (1). Nós mesmos «somos terra (cfr Gen 2,7).

Para baixar a versão em português, clique aqui.


Não deixem de conferir esse importante documento que muito tem a ver com o nosso carisma e nossa busca de enxergar o mundo na ótica de São Francisco de Assis.




terça-feira, 16 de junho de 2015

A JUFRA do Brasil e o Escritório de JPIC da Província de Santa Cruz, convida a todos os irmãos e irmãs a estarem em oração, neste dia 17, pela Audiência com o Santo Padre, o Papa Francisco, e o Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan). Nesta quarta-feira, 17 de junho, às 10h, seis representantes da entidade brasileira serão recebidos pessoalmente pelo Pontífice, no Vaticano, para debater os desafios e a necessidade do Brasil erradicar a hanseníase e o preconceito ainda associado a ela.

Percebemos com muita humildade e fé a beleza e a grandiosidade deste momento. Esta Audiência é a atualização do Encontro do Santo de Assis com o “leproso” da sua época; agora, protagonizado pelo Papa e não só acolhendo-o (a), mas recebendo, com a Valdenora da Cruz Rodrigues, atingida pela hanseníase, todas as outras tantas feridas da humanidade que ainda estão abertas.

“E o Senhor mesmo me conduziu entre eles e eu tive misericórdia com eles. E enquanto me retirava deles, justamente o que antes me parecia amargo se converteu em doçura da alma e do corpo. E depois disto demorei só bem pouco e abandonei o mundo”. (Testamento de São Francisco). Rezemos juntos para que possamos acompanhar daqui, do nosso lugar, o encontro do Papa Francisco com a nossa irmã hanseniana. Contamos com a sensibilidade todos para que nossas vozes sejam amplificadas e somadas a de todos aqueles que buscam dias melhores.
Contamos com vossas orações!
Juventude Franciscana do Brasil
Secretaria Nacional de DHJUPIC
Serviço de Justiça, Paz e Integridade da Criação - JPIC

Centro Franciscano de Defesa de Direitos

Foto da internet
Terça-feira, 16 de junho: o Papa Francisco na Missa na Capela da Casa Santa Marta dedicou a sua homilia à contraposição entre riqueza e pobreza. O Santo Padre reiterou que é injusto definir “comunistas” os sacerdotes ou bispos que falam dos pobres.
A primeira leitura do dia inspirou o Papa Francisco a falar da “teologia da pobreza” e observou que estas palavras provocam constrangimento. Muitas vezes, ouve-se dizer que este sacerdote ou bispo ou religiosa falam demasiado de pobreza e são logo considerados como sendo comunistas! No entanto, a pobreza está no centro do Evangelho. “Se tirarmos a pobreza do Evangelho, nada se entenderia da mensagem de Jesus” – afirmou o Santo Padre.
S. Paulo organiza uma coleta para a Igreja de Jerusalém que vive momentos de dificuldade e apela à generosidade da comunidade de Corinto evidenciando a verdadeira riqueza que existe naquela comunidade: fé, eloquência, ciência, toda espécie de zelo e a caridade. Desta forma, Paulo pede-lhes que a sua riqueza e generosidade chegue aos bolsos, para ajudar a igreja de Jerusalém.
Segundo o Papa existe esta contraposição entre riqueza e pobreza. A Igreja de Jerusalém é pobre, está em dificuldade econômica, mas é rica porque tem o tesouro do anúncio evangélico. E esta Igreja de Jerusalém, pobre, enriqueceu a Igreja de Corinto com o anúncio evangélico; deu-lhe a riqueza do Evangelho”.
“Da pobreza vem a riqueza – disse o Papa Francisco – é uma troca mútua”. Eis, portanto, o fundamento da “teologia da pobreza”: “Jesus Cristo de rico que era – da riqueza de Deus – fez-se pobre”, rebaixou-se por nós. Eis então o significado da primeira Bem-aventurança, “Bem-aventurados os pobres de espírito”. Isto é, “ser pobre é deixar-se enriquecer pela pobreza de Cristo e não querer ser rico com outras riquezas que não sejam as de Cristo”:
Esta é a teologia da pobreza; este é o motivo pelo qual a pobreza está no centro do Evangelho; não é uma ideologia. É justamente este mistério, o mistério de Cristo que se rebaixou, humilhou-se, empobreceu-se para nos enriquecer. Assim se entende porque é que a primeira das Bem-aventuranças é ‘Bem-aventurados os pobres de espírito’. Este pobre de espírito é percorrer este caminho do Senhor: a pobreza do Senhor que, também, se rebaixa tanto que agora se faz ‘pão’ para nós, neste sacrifício. Continua a rebaixar-se na história da Igreja, no memorial da sua paixão, no memorial da sua humilhação, no memorial do seu rebaixamento, no memorial da sua pobreza, e deste ‘pão’ Ele nos enriquece”. (RS)
Fonte: http://pt.radiovaticana.va (grifo nosso)
Reunidos entre os dias 22 e 24 de maio de 2015 no Centro de Formação da Sagrada Família, em São Paulo, aproximadamente 70 irmãos/ãs conselheiros/as e convidados dos regionais que compõe a área Sudeste: Minais Gerais (SE I), Rio de Janeiro e Espírito Santo (SE II) e São Paulo (SE III) realizaram o Encontro da Área Sudeste OFS/JUFRA.

Houve a partilha dos regionais e avaliação da OFS e JUFRA desde novembro de 2013. Estavam representando a Juventude Franciscana Sthefania Pires (secretária fraterna regional de MG), Victor Lins (secretário fraterno regional de RJ/ES), Danilo Sampaio (vice-secretário fraterno regional de SP). Alguns membros do Nacional da Jufra também estiveram presentes Maria Aparecida Brito (Finanças Nacional), Raphael Taboada (Animador Fraterno Nacional) e Ariana Baccin (conselheira fiscal nacional e formadora do Regional da JUFRA RS).

O tema "Que OFS/JUFRA queremos ser"? foi trabalho pelo Frei Fernando Araújo, OFM. Com alegria e dinâmica os irmãos fizeram pão, confraternizaram-se, dançaram quadrilha e saborearam comidas típicas e o pão feito por eles mesmos.

No domingo foram colocadas algumas prioridades, dentre elas: promover e capacitar lideranças. Também comentamos sobre o XXXVI Capítulo Nacional da OFS do Brasil que será na cidade de Castanhal/PA nos dias 21 a 28 agosto de 2015.

O próximo encontro da área sudeste será na cidade de Santos Dumont/ MG nos dias 18 a 20 de novembro de 2016.  




Percepções dos jovens da Jufra:

"um encontro dinâmico e de boas experiências. Momento marcante foi a dinâmica do 'fazer o pão', onde os irmãos puderam trabalhar e refletir a dinâmica da vida em fraternidade" [Sthefania Pires]

"importante para os irmãos que estão nos serviços, trocar experiências, além de ter a oportunidade de conviver... 'Fazer o pão' é bem parecido com construir uma fraternidade, precisamos escolher bons ingredientes e coloca-los com atenção, mistura-los e criar uma liga. Esperar a massa descansar e deixar que por ela mesma se mostre pronta para a fornalha. Tempo, carinho, convívio e cuidado para um bom Pão!" [Victor Lins]

"por ser o primeiro que participei, achei muito interessante. Pudemos nos conhecer e trocar experiências, as dificuldades e os pontos positivos. Foi um encontro abençoado, pude fazer novas amizades e alimentar ainda mais a vocação franciscana e vocação como jufrista" [Danilo Sampaio]

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Bom dia amados irmãos,
PAZ E BEM!

Hoje é dia do nosso querido Frei Wellington de Buarque,  tão amado Assistente Espiritual Nacional.

Hoje é dia de um amigo querido, de um pai espiritual, de um orientador, de um irmão menor, de um cúmplice, de um terapeuta para todas as horas, de um pacificador, de um sorriso manso, de um voz serena mas firme diante das tribulações e problemas... É ele que nos dá a graça de uma ligação no momento mais oportuno, sempre presente e atencioso, olho com bons olhos nossas carências e tenta supri-las com uma compreensão imensurável. É ele que nos convida a sermos sinceros uns com os outros, e nos ensina a ser caridosos nas palavras. Nessa missão árdua de servir a Jufra do Brasil, Frei Wellington, tem sido um apoio firme, fraterno e confortador.

Frei, diante de toda a bondade que sabemos ter no seu coração, de tanta sensibilidade, e todo o carinho com que nos auxilia nessa Jornada, não existem palavras, homenagens, ligações ou encontros suficientes para demonstrar tamanha importância em nossas vidas. Só nos resta agradecer todos os dias pelo bem que és, e pela oportunidade de tê-lo conosco! Com certeza, somos melhores a cada dia por te ter como um dos nossos modelos. Que Deus continue conduzindo sua vocação! E que seu exemplo sirma de modelo para tantos jovens que desejam a vida religiosa como vocação. Que São Francisco e Santa Clara intercedam sempre pela tua saúde corporal e espiritual.

A Jufra se alegra em saber que veio de Fraternidade de Jufra e permanece servindo a Jufra! Obrigada por todos os seus SIM! Para que não reste dúvida: NÓS TE AMAMOS MUITO, FREI WELLINGTON! Nosso amado Well. Paz e bem!

quarta-feira, 10 de junho de 2015

A integridade da criação é uma importante dimensão do carisma franciscano. Francisco experimentou a presença de Deus na Criação, encarando-a como sinal de revelação do Criador, que deixa uma marca divina em toda parte. Nesse sentido, a criação tem um valor intrínseco, não pelo seu valor material ou instrumental para os seres humanos, mas pelo fato de ter sido criada por Deus.

Neste dia 5 de junho, dia Mundial do Meio Ambiente, a JUFRA do Brasil oficializa o apoio ao Movimento Católico Global pelo Clima, e se junta a diversas de organizações e líderes católicos de todo o mundo para tratar das questões socioambientais. Este movimento chama os católicos a “promover os ensinamentos da Igreja, apreciar sua responsabilidade moral de atuar, criando consciência sobre a mudança climática e seus efeitos, sobretudo nos pobres e nas gerações futuras. Convidam-se os católicos a participarem em futuras ações que busquem um forte acordo internacional sobre o clima, e se recomendam todos os nossos esforços a Jesus Cristo, que faz novas todas as coisas”.

O MCGC também está promovendo uma petição para que os líderes políticos de todo mundo assumam compromissos para um futuro climático sustentável. Para assinar a petição, clique aqui. Para receber atualizações, curtam a página do Movimento no Facebook: Pegar link.


Na homilia de inauguração de seu pontificado, o Papa Francisco pediu a “todos que tem uma posição de responsabilidade na economia, na política e na vida social, e todos os homens e mulheres de boa vontade: sejamos “protetores” da criação, protetores do plano de Deus presente na natureza, protetores uns dos outros e do meio ambiente. Não permitamos que ondas de destruição e morte acompanhem o avançar do mundo! Mas para sermos “protetores”, nós também temos que nos vigiar!”. Que possamos viver os ensinamentos da nossa Igreja, refletindo-os em ações por um mundo que respeite e valorize a vida em todas as suas dimensões.
E a luta não terminou! A coleta de assinaturas continua!

A Juventude Franciscana do Brasil, juntamente com mais de cem entidades nacionais, como a CNBB e a OAB, têm lutado por uma Reforma Política Democrática que atenda aos anseios da população. Com quase 700 mil assinaturas físicas coletadas em todo o Brasil, o projeto de lei propõe a extinção do financiamento das campanhas políticas por empresas, paridade de sexo, eleições proporcionais em dois turnos e o aperfeiçoamento de mecanismos de democracia direta.

Agora é possível assinar online e coletar assinaturas físicas. Para assinar online, bastar acessar o site da JUFRA do Brasil. Confira aqui as instruções para a coleta:

1.Baixe o formulário para coleta de assinaturas no blog de DHJUPIC (www.dhjupic.blogspot.com), ou no site da JUFRA do Brasil (www.jufrabrasil.org) e imprima.

2. Colete assinaturas nos bairros, comunidades, igrejas, etc. Lembrando que a assinatura só é válida acompanhada com o número do título de eleitor. Assim, apenas eleitores podem assinar.

Dica: Que tal realizar a campanha nas Paróquias? Este é um dos gestos concretos propostos pela CNBB da Campanha da Fraternidade deste ano. Basta avisar nas missas para que tragam o número do título de eleitor para poderem contribuir.

3. Envie o formulário pelos CORREIOS com todos os dados devidamente preenchidos para o seguinte endereço:
                                                                                                             
SECRETARIA NACIONAL DA COALIZÃO
SAS, Quadra 05, Lote 2,
Bloco N, Edifício OAB, 1º andar,
Brasília-DF
CEP: 70.070-913

                                                                                                                                                   
4. Ajude a divulgar a campanha pelas redes sociais. Compartilhe os materiais disponibilizados no perfil da JUFRA do Brasil no Facebook, altere sua foto de capa para a da Reforma Política, registre e compartilhe a coleta de assinaturas de suas fraternidades.

Para Maiores informações, acessem: http://www.reformapoliticademocratica.org.br/

A hora é de unirmos as forças e intensificar a luta contra o retrocesso e pela Reforma Política Democrática. Assinem e divulguem a proposta na sua diocese, comunidade, paróquia, fraternidade, e junte-se a nós na luta pela soberania popular, buscando a dignidade humana, o bem comum e a justiça social.



Boletim da Santa Sé
Francisco alerta sobre o perigo de enfraquecer a identidade cristã / Foto: L'Osservatore RomanoO Papa Francisco aprovou novas medidas para a proteção dos menores. As propostas foram apresentadas pelo presidente da Comissão para a Proteção dos Menores, Cardeal Seán Patrick O’Malley, durante a 10ª reunião do Conselho de Cardeais que auxiliam o Papa no governo da Igreja. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira, 10, pelo diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, padre Federico Lombardi.
A medida que mais tem repercutido é o que diz respeito ao julgamento dos bispos acusados de abuso do poder episcopal, ou seja, bispos que acobertam padres que cometeram abuso contra menores ou então que tomam conhecimento do caso e nada fazem. “No Código de Direito Canônico provavelmente existiam elementos, mas até agora não existia um procedimento, não havia uma indicação de competências específicas. Portanto, este é um passo muito importante”, declarou padre Lombardi.
Segundo a proposta, já aprovada por Francisco, o Papa deve encarregar o julgamento dos bispos à Congregação para a Doutrina da Fé, que tem também uma natureza de Tribunal. Deverá ser criada uma Seção Judiciária interna e serão nomeados funcionários que vão prestar serviço no Tribunal Apostólico, nomeação que deve acontecer junto ao prefeito da referida Congregação.
Outra proposta aprovada é que seja nomeado um secretário para ajudar o Prefeito dessa Congregação nas atividades do Tribunal. Essa pessoa será responsável pela nova Seção Judiciária e o pessoal da Seção também será utilizado para os processos penais sobre abuso contra menores e adultos vulneráveis por parte do clero. As decisões serão tomadas junto ao Prefeito da Congregação.
Outra medida prevista é que a competência de receber e examinar as denúncias de abuso de poder episcopal pertença à Congregação para os Bispos, para a Evangelização dos Povos ou para as Igrejas Orientais. Todas as denúncias devem ser apresentadas à congregação apropriada.
A última medida prevê que o Santo Padre estabeleça um período de cinco anos para um maior desenvolvimento destas propostas e para uma completa avaliação formal de sua eficácia.
O Conselho de Cardeais foi unânime ao concordar com as propostas e submetê-las à avaliação de Francisco. “O Santo Padre aprovou as propostas e deu permissão para o fornecimento de recursos adequados para atingir tais finalidades”, informou padre Lombardi.

Fonte: http://papa.cancaonova.com/papa-aprova-novas-medidas-sobre-protecao-dos-menores/
Entre em Contato com a Jufra do Brasiljufrabrasil@gmail.com