domingo, 4 de dezembro de 2016

CELEBRAÇÃO DE NATAL PARA IMMF

Natal está a chegar com as suas luzes e variadas matizes. Com o seu amor, com a sua magia, com a sua candura, com o seu mágico poder de trazer alegria e felicidade ao seio da humanidade que se curva ao nascimento de Jesus Cristo.

Esse Cristo não nasceu em mansão ou palácio, nasceu em uma simples gruta da cidade de Belém e teve como berço uma simples manjedoura, ornamentada por palhas e panos, protegido por José e Maria, alguns pastores, e cercado por ovelhas e outros animais. 
Vamos refletir esse nascimento sob o olhar franciscano?!

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

DEPOIMENTO

Meu nome é Lorena de Castro Oliveira, sou Jufrista e, no dia 29/11/2016, participei da manifestação em Brasília contra a PEC 55 (PEC do teto dos gastos) juntamente com estudantes, secundaristas e professores. Presenciei diversos momentos, sendo estes bons e ruins. Chegamos a Brasília aproximadamente 11 horas da manhã. As ruas estavam cheias, muita música e gritos de ordem. A partir daí começou-se uma conversa para que pudéssemos decidir o que faríamos de Ato concreto ao chegar ao Congresso Nacional.
 
Houve muitas divergências, claro, muitos estavam dispostos a sofrer Repressão policial (o que parecia ser normal, quando se trata de uma manifestação) como: “tomar tiros de balas de borracha", “bombas de efeitos moral”, entre outros. Os argumentos foram de que se essa manifestação fosse pacífica não seríamos ouvidos, como de fato não estávamos sendo. Outros queriam uma caminhada pacífica, sem que houvesse Atos Radicais. Posteriormente, iniciamos a caminhada do Museu Nacional até o Congresso Nacional, onde já estavam acontecendo às votações da Reforma do Ensino Médio e, às 20 horas, iria começar a votação da PEC 55.
           
Nessa caminhada observei diversos movimentos e muita diversidade: Homossexuais, Negros, Mulheres, Índios... Todos querendo que sua voz fosse ouvida. Enfim, ao chegar em frente ao Congresso, após 15 minutos, aproximadamente, houve um ato isolado: um carro foi jogado em direção à PM. Foi aí então que começou a repressão policial, bombas de gás lacrimogêneo, bombas de efeito moral, gritos... Dessa vez não eram gritos de ordem, mas de medo, gritos de angústia e raiva. Presenciei muitas pessoas caídas no chão, desmaiadas por causa do gás, pessoas sangrando, outras apanhando da polícia, crianças sumidas...

Conversando com uma senhora na manifestação, ela relatou sua indignação. Ela, que já tinha participado de uma manifestação na ditadura, dizia estar exatamente igual àquela manifestação na qual estávamos participando. E, de fato, foi tanta repressão que não conseguimos voltar. Até cerca de 6 quilômetros do Congresso ainda se viam e ouviam bombas. Fomos obrigados a ir embora, pois já não havia mais condições de permanecer ali. Ao voltar para casa, me perguntei se estamos em um país livre de fato ou se vivemos em uma falsa democracia. Paz e Bem! 

OBS.: A Jufrista Luiza Andrade, secretária local de DHJUPIC, também esteve presente na manifestação.

Lorena, 21 anos
Sec. Local de Finanças - Fraternidade Monte Alverne (SJDR).


São João Del Rei/MG, 01 de dezembro de 2016.

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

JUFRA DO BRASIL LANÇA 7ª JORNADA FRANCISCANA NACIONAL PELOS DIREITOS HUMANOS PARA IMMF

Caríssimos irmãs e irmãos,
A JUFRA do Brasil vive um momento muito relevante - mais uma Jornada Franciscana Nacional pelos Direitos Humanos (JFNDH). O tema deste ano é bastante atual: Economia e Direitos.
O assunto tão presente e atual à nossa realidade pode ser discutido com as crianças e com os adolescentes? Se a crise econômica atinge a todos, todos nós devemos discuti-la! E os nossos pequenos vivem a nos surpreender, costumam dar um "show" nas reflexões mais profundas com respostas simplificadas - que, muitas vezes, adulto não consegue perceber.
O intuito de vivenciar a temática da discussão de economia é despertar nos nossos pequenos irmãos e irmãs o interesse de questionar e apontar soluções para os problemas que afligem a sociedade especialmente no âmbito da desigualdade social, fruto de uma economia não solidária, gananciosa e injusta.
O encontro desenvolvido para IMMF (Baixe aqui) propõe questionamentos sobre capitalismo, economia solidária e o que Jesus nos sugere sobre o uso dos bens materiais. Se a fraternidade achar necessário ser mais de um encontro para um aprofundamento do tema ou a ampliação da discussão, fiquem a vontade! E não esqueçam das fotos e dos registros!
A elaboração desse material teve a valorosa contribuição do Jufrista iniciante Felipe Viveiros, da Fraternidade Santíssima Trindade de Santa Catarina. Felipe, obrigada pela disponibilidade espontânea para servir na nossa IMMF!
Esperamos que essa Jornada seja rica de aprendizados, partilhas e possa ainda apresentar ações concretas na vida dos nossos irmãos da Infância Micro e Mini Franciscanos.
Um abraço fraterno com toda a paz e todo o bem!
Sabrina Ferreira da Silva

Secretária Nacional de Infância Micro e Mini Franciscanos

JUFRA DO BRASIL LANÇA 7ª JORNADA FRANCISCANA NACIONAL PELOS DIREITOS HUMANOS

Queridos/as irmãos/ãs, paz e bem!

A Juventude Franciscana do Brasil, através da Secretaria Nacional de Direitos Humanos, Justiça, Paz e Integridade da Criação – DHJUPIC, apresenta a 7ª Jornada Franciscana Nacional pelos Direitos Humanos. Com o tema ”Economia e DIREITOS” e o lema “Este Sistema é INSUPORTÁVEL: Exclui, Degrada, Mata” iremos abordar os ensinamentos, as denúncias e as ações que o Papa Francisco nos apresenta e nos desafia.

Como cristãos/ãs e franciscanos/as, não podemos ser coniventes com uma sociedade onde há tanto sofrimento e injustiça. Uma sociedade que ameaça o solo, a água, o ar e toda a Criação em nome de um crescimento que exalta o valor econômico e descarta o valor da vida e a dignidade humana.

Assim, o Papa nos diz: “Precisamos e queremos uma mudança! Uma mudança real, uma mudança de estruturas. Devemos reconhecer que há um elo invisível que une cada uma das exclusões e injustiças presentes em todo o mundo. Devemos reconhecer que estas realidades destrutivas correspondem a um sistema que se tornou global e impõe a lógica do lucro a todo o custo, sem pensar na exclusão social nem na destruição da natureza”.

Temos acompanhado muitos retrocessos sociais com o intuito de “ajustar a economia”. Proposta de Emenda Constitucional para limitar investimentos em saúde e educação; reforma da previdência social e das leis trabalhistas dificultando ainda mais a vida dos/as trabalhadores/as; Diminuição de programas de distribuição de renda. Mas, afinal, que economia é essa? A quem ela serve?

Convidamos a todos/as a participarem desta 7ª Jornada Franciscana Nacional pelos Direitos Humanos. Animem suas fraternidades e comunidades para gritarmos a uma só voz: NENHUM DIREITO A MENOS! Que o Francisco de Assis e o Francisco de Roma, com a intercessão de Santa Clara, nos abençoem, nos deem força, fé e coragem para nos empenharmos cada vez mais em viver e trabalhar pela justiça, pela paz e pela integridade da criação, na promoção da “globalização da esperança, que nasce dos povos e cresce entre os pobres”.

Para baixar os materiais, clique aqui.

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

XXIII ENCONTRO DAS ÁREAS NORDESTE A e B DA JUFRA DO BRASIL

 

CARTA DE CONVOCAÇÃO
XXIII ENCONTRO DAS ÁREAS NORDESTE A e B DA JUFRA DO BRASIL
São Luís/MA, 25 a 28 de fevereiro de 2017
Tema: Faz escuro. Mas, eu alegre canto”
Lema: “E o mundo vai ver uma flor brotar do impossível chão”

As/os irmãs/ãos da JUFRA das Áreas NE A e B,
Saudações de PAZ E BEM!           

É com muita esperança e entusiasmo que escrevemos essa carta de partilha e aproximação, para anunciar que realizaremos nosso XXIII Encontro das Áreas Nordeste A e B da Juventude Franciscana do Brasil em terras maranhenses. E nessa oportunidade, CONVOCAMOS você irmã/o com o desejo de despertar em vós a disponibilidade e o anseio de participar desse momento tão abençoado e místico.
      
O Encontro acontecerá nos dias 25, 26, 27 e 28 de fevereiro de 2017, na cidade de São Luís-MA. Viveremos o Tema: “Faz escuro. Mas, eu alegre canto” e o Lema: “E o mundo vai ver uma flor brotar do impossível chão”. O local do congresso é na Casa de Retiro das Irmãs Capuchinhas. (Segue abaixo nas orientações).

Neste encontro queremos juntos refletir sobre a caminhada da JUFRA no Nordeste, reafirmando nossas perspectivas e nossa missão diante dos desafios que a Igreja e o mundo nos colocam. Diante do momento atual de ataque aos direitos sociais dando ênfase aos problemas sociais, políticos, culturais e econômicos que provocam em nós o desejo de resposta junto a esta crise de valores que nos cerca, e toda essa incerteza que se volta contra nós, e necessitados de um grito reafirmando nosso compromisso de vida, surge o tema e o lema de nosso encontro: Tema: “Faz escuro. Mas, eu alegre canto” e o Lema: “E o mundo vai ver uma flor brotar do impossível chão”.

              Todos os irmãos são convidados a vivenciarem deste encontro. Destacamos, portanto, dentro da realidade formativa dos Regionais, a importância da participação do Secretário Fraterno Regional, Secretário Regional de Formação, Animador Fraterno Regional e Assistente Espiritual Regional.

O valor da inscrição será de R$ 120,00 (cento e vinte reais) por irmão/irmã. O valor incluirá todas as despesas do encontro: hospedagem, alimentação e material do congresso (sendo necessário cada irmão providenciar seu translado até o local do encontro). As inscrições só poderão ser feitas pelo site do nacional (www.jufrabrasil.com.br), a partir do dia 19 de novembro até o dia 19 de janeiro de 2017. Após a inscrição, deve ser feito o depósito na Conta do Regional do Maranhão (Segue abaixo nas orientações), e encaminhamento do comprovante de depósito para os e-mails jessicalimaro@yahoo.com.br e josedouglas_cordeiro@hotmail.com. Destacamos que a sua vaga só será reservada após o depósito e envio do e-mail, e que cada Regional possui o total de 11 vagas disponíveis.

              Encaminhamos em anexo, a programação do encontro e as orientações gerais (BAIXE AQUI). Sobre esta é importante lembrarmos que a exposição dos Regionais (no sábado) deverá ser feita através de um mural de fotos, contendo as principais atividades desenvolvidas durante o período, bem como seus avanços, dificuldades e perspectivas. Os momentos de orações, celebrações e convívios fraternos foram divididos entre todos os Regionais. Como de costume, recordamos os Regionais de trazerem lembranças para serem distribuídas aos irmãos e irmãs durante o encontro. Cada Regional deve trazer em torno de 100 lembranças.

Para maiores informações entrar em contato com:
Jéssica Lima – Secretária Nacional para a Área NE A – (86) 9 9914-4786 (Tim/Wpp)
José Douglas – Secretário Nacional para a Área NE B – (87) 9 9634-5581 (Tim/Wpp)
             
Preparemo-nos desde já para esse belo encontro de irmãos! Boa Viagem!
Sob a proteção de Nossa Senhora Aparecida, PAZ E BEM!


Fraternalmente,

Washington L. dos Santos - Secretário Fraterno Nacional
Jéssica Mª de Lima Rocha -      Secretária Nac. Área NE A
José Douglas S. C. de Souza - Secretário Nac. Área NE B












sábado, 5 de novembro de 2016

HOJE É DIA DE VANDERLEI SUÉLIO, OFS!!!

No dia de hoje, felicitamos o irmão Vanderlei Suélio Gomes, Ministro Nacional e Conselheiro Internacional da Ordem Franciscana Secular. Agradecemos a Deus pelo dom da vida e a ele pedimos que continue abençoando e iluminando nosso irmão Vanderlei em sua missão.


Felicidades, Paz e Bem!

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

SEMANA DE IMMF 2016

     De 02 a 10 de Novembro de 2016 daremos início a mais uma Semana da Infância Micro e Mini Franciscanos.

     É com imensa alegria que a Jufra do Brasil lança o material da 3ª Semana Nacional de IMMF!
   
    A temática escolhida para refletir com as nossas crianças e adolescentes será: o uso das redes sociais.

    Assim o tema " Minha imagem virtual se assemelha a de Cristo?" serviu de base para construção dos materiais produzidos com muito carinho para todas as fraternidades de IMMF do Brasil!


 Lembrem-se de registrar fotos, vídeos e depoimentos com #semananacionalIMMF2016 de modo a favorecer a troca de experiências entre nossas fraternidades nas nossas ferramentas de comunicação.
Vale salientar que as fraternidades de JUFRA que ainda não tem IMMF podem usar o tema para propor a realização do encontro, oficinas e atividades com as crianças e adolescentes de suas paróquias.


BAIXE AQUI OS MATERIAIS




sábado, 29 de outubro de 2016

AJUDE A JUFRA DO BRASIL A ENVIAR UMA JOVEM EM EXPERIÊNCIA MISSIONÁRIA NA AMAZÔNIA


Vai a meus irmãos”.
Jo 20,17

Campo Grande, 26 de outubro de 2016

À Comissão Episcopal para a Amazônia,
Aos (as) parceiros (as) da Juventude Franciscana,
Aos (as) Irmãos (ãs) da Ordem Franciscana Secular,
Aos (as) Religiosos (as) Franciscanos (as),
Aos (as) Jufristas,

            Partilhamos um grande desejo da nossa juventude: o envio de mais uma Jovem da JUFRA do Brasil para uma experiência missionária na Amazônia.
            Trata-se do Projeto Amazônia, “de continuar anunciando o Evangelho na ótica franciscana às populações amazônicas, como se faz naquele território desde o século XVI”, direcionado a toda Família Franciscana da América Latina.
            A dimensão missionária está sendo estimulada em nossa Juventude, neste sentido, estamos articulando a participação da Jufrista Hannah Jook Otaviano, Secretária de Formação do regional Ceará/Piauí, que possui trabalhos com as pastorais sociais da arquidiocese de Fortaleza, para vivenciar essa experiência, pois, ainda conforme o Papa Francisco: “A Igreja precisa de vocês, do entusiasmo, da criatividade e da alegria que lhes caracterizam! Um grande apóstolo do Brasil, o Bem-aventurado José de Anchieta, partiu em missão quando tinha apenas dezenove anos! Sabem qual é o melhor instrumento para evangelizar os jovens? Outro jovem! Este é o caminho a ser percorrido por vocês! ” .
            Acreditamos que essa jovem possa representar nossa Família Cristã, na verdade, todos nós que apostamos na juventude e na sua capacidade transformadora.
           

            Desejamos continuar o trabalho missionário animando e despertando a JUFRA para essas atividades.
No ano de 2015 enviamos Adriana Xavier, uma jovem baiana que teve sua vida transformada. Mais informações sobre a missão, acessar em: http://jufraevangelizadora.blogspot.com.br/2016/03/relato-da-experiencia-missionaria-no.html

            Traçamos algumas metas, além das que estão presentes no projeto:
1-Ampliar espaços para repasse da experiência missionária;
2-Produzir um material contando sobre a missão (Diário de Bordo) – Frades/TOR/OFS/JUFRA/Dioceses;
3-Continuar com o envio de jovens;
4-Ser base para desenvolver nosso trabalho missionário na região Norte.
            Já nos encontramos bem motivados com essa articulação que podemos traçar juntos! É missão de todos nós! Estamos abertos ao diálogo!
Conta para contribuição:
                Ag: 0058
            Operação: 013
            Conta: 22499-3
            Washington Lima dos Santos – Caixa Econômica ou Lotéricas
*As passagens estão no valor de R$ 3.000,00

Dados para contato:
jufrabrasil@gmail.com – E-mail
(82) 996081413 TIM – Celular (falar com Washington Lima)
Antonio Gean de Sousa, JUFRA

Secretário Nacional de Ação Evangelizadora





















FESTA NA JUFRA DO BRASIL – HOJE É DIA DE MARIA APARECIDA!

 
     O dia hoje se torna ainda mais feliz por podermos celebrar a vida da irmã Maria Aparecida, carinhosamente Cida, nossa Animadora Fraterna Nacional... e que exemplo de serviço. É a irmã que incentiva, aconselha, ajuda, “dá uns toques”, além de nos presentear com sua doçura e força. Nesse dia especial rendemos graças a Deus Pai por termos você conosco e pedir a Ele que te cubra de bênçãos, ilumine e guie o teu caminhar. São Francisco e Santa Clara intercedam a Deus para que tenhas muitos anos de vida podendo nos ensinar cada dia mais como ser exemplos de cristão franciscanos.


Feliz aniversário, Paz e Bem!

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

NOTA DA CNBB SOBRE A PEC 241

"A CNBB continuará acompanhando esse processo, colocando-se à disposição para a busca de uma solução que garanta o direito de todos e não onere os mais pobres", diz o texto
A Presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou nesta quinta-feira, dia 27 de outubro, durante entrevista coletiva à imprensa, a Nota da CNBB sobre a Proposta de Emenda Constitucional 241 (PEC 241), que estabelece um teto para os gastos públicos para os próximos vinte anos. O texto foi aprovado pelo Conselho Permanente da entidade, reunido, em Brasília, entre os dias 25 e 27 deste mês.
Leia o texto na íntegra:


Brasília-DF, 27 de outubro de 2016
P -  Nº. 0698/16

NOTA DA CNBB SOBRE A PEC 241

“Não fazer os pobres participar dos próprios bens é roubá-los e tirar-lhes a vida.”
 (São João Crisóstomo, século IV)

O Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil-CNBB, reunido em Brasília-DF, dos dias 25 a 27 de outubro de 2016, manifesta sua posição a respeito da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241/2016, de autoria do Poder Executivo que, após ter sido aprovada na Câmara Federal, segue para tramitação no Senado Federal.
Apresentada como fórmula para alcançar o equilíbrio dos gastos públicos, a PEC 241 limita, a partir de 2017, as despesas primárias do Estado – educação, saúde, infraestrutura, segurança, funcionalismo e outros – criando um teto para essas mesmas despesas, a ser aplicado nos próximos vinte anos. Significa, na prática, que nenhum aumento real de investimento nas áreas primárias poderá ser feito durante duas décadas. No entanto, ela não menciona nenhum teto para despesas financeiras, como, por exemplo, o pagamento dos juros da dívida pública. Por que esse tratamento diferenciado? 
A PEC 241 é injusta e seletiva. Ela elege, para pagar a conta do descontrole dos gastos, os trabalhadores e os pobres, ou seja, aqueles que mais precisam do Estado para que seus direitos constitucionais sejam garantidos. Além disso, beneficia os detentores do capital financeiro, quando não coloca teto para o pagamento de juros, não taxa grandes fortunas e não propõe auditar a dívida pública.
A PEC 241 supervaloriza o mercado em detrimento do Estado. “O dinheiro deve servir e não governar! ” (Evangelii Gaudium, 58). Diante do risco de uma idolatria do mercado, a Doutrina Social da Igreja ressalta o limite e a incapacidade do mesmo em satisfazer as necessidades humanas que, por sua natureza, não são e não podem ser simples mercadorias (cf. Compêndio da Doutrina Social da Igreja, 349). 
A PEC 241 afronta a Constituição Cidadã de 1988. Ao tratar dos artigos 198 e 212, que garantem um limite mínimo de investimento nas áreas de saúde e educação, ela desconsidera a ordem constitucional. A partir de 2018, o montante assegurado para estas áreas terá um novo critério de correção que será a inflação e não mais a receita corrente líquida, como prescreve a Constituição Federal.
É possível reverter o caminho de aprovação dessa PEC, que precisa ser debatida de forma ampla e democrática. A mobilização popular e a sociedade civil organizada são fundamentais para superação da crise econômica e política. Pesa, neste momento, sobre o Senado Federal, a responsabilidade de dialogar amplamente com a sociedade a respeito das consequências da PEC 241.
A CNBB continuará acompanhando esse processo, colocando-se à disposição para a busca de uma solução que garanta o direito de todos e não onere os mais pobres.
Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, continue intercedendo pelo povo brasileiro. Deus nos abençoe!

Dom Sergio da Rocha
Arcebispo de Brasília
Presidente da CNBB

Dom Murilo S. R. Krieger, SCJ
Arcebispo de São Salvador da Bahia
Vice-Presidente da CNBB

Dom Leonardo Ulrich Steiner, OFM
Bispo Auxiliar de Brasília
Secretário-Geral da CNBB


FONTE: http://www.cnbb.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=19744:nota-da-cnbb-sobre-a-pec-241&catid=114:noticias&Itemid=106

CERIMÔNIA DE LANÇAMENTO DA EXPOSIÇÃO ITINERANTE 'SI: SOBRE O CUIDADO DA CASA COMUM

*ATENÇÃO BRASÍLIA E REGIÃO*

É AMANHÃ!

CERIMÔNIA DE LANÇAMENTO DA EXPOSIÇÃO ITINERANTE 'SI: SOBRE O CUIDADO DA CASA COMUM


A Jufra do Brasil, juntamente com Conferência da Família Franciscana do Brasil, Sinfrajupe e diversas organizações tem a alegria de lhe convidar para a Cerimônia de Lançamento da EXPOSIÇÃO ITINERANTE 'SI: SOBRE O CUIDADO DA CASA COMUM. Esta iniciativa visa difundir a Carta Encíclica Laudato Si' em diversos espaços de uma forma dinâmica e fácil compreensão, buscando criar novas consciências através de mudanças no nosso estilo de vida, da conversão ecológica e da solidariedade global.
O lançamento acontecerá amanhã, 28 de outubro (sexta-feira) às 14h30 na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, em Brasília-DF.
Junte-se a toda Fraternidade Universal no Cuidado da Nossa Casa Comum, ouvindo tanto o grito da terra quanto o grito dos pobres.

Para maiores informações, acesse: https://exposicaolaudatosi.org/

Para confirmar sua participação, acesse: https://goo.gl/forms/12WyxhCtz6A7DXAC3

*Esta é uma iniciativa da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Movimento Católico Global pelo Clima, Cáritas Brasileira, Conferência da Família Franciscana do Brasil (CFFB), Serviço Franciscano de Solidariedade (Sefras), Ação Franciscana de Ecologia e Solidariedade (Afes), Juventude Franciscana do Brasil (Jufra) e o Serviço Inter-Franciscano de Justiça, Paz e Ecologia (Sinfrajupe).


terça-feira, 25 de outubro de 2016

FRATERNIDADE SERVOS DO CRIADOR PROMOVE AÇÃO PARA AS CRIANÇAS DA COMUNIDADE


A Juventude Franciscana da fraternidade Servos do Criador, regional NEB2 - SE, comemorou no dia 09/10 o dia das crianças, esse evento foi direcionado as crianças da fraternidade juntamente com as da  comunidade.
Foi uma tarde recheada de brincadeiras, músicas, concurso de talentos, teatro, dança, cama elástica, cachorro quente, picolé, pipoca e refrigerante, tudo o que criança gosta!
O evento foi promovido por toda Família Franciscana do Eduardo Gomes (IMMF e JUFRA). Tivemos o apoio da OFS (Santa Maria dos anjos),da catequese, do pároco e da comunidade Nossa Senhora de Loreto.
O festival foi pura diversão! O nosso objetivo foi alcançado. As crianças tiveram uma tarde maravilhosa de lazer e de evangelização. Foi oferecido como exemplo atrações evangelizadoras executada pelas  crianças da IMMF, para mostrar a elas  que é possível   servir a Deus mesmo sendo pequenos.


''...sei que sou pequeno e ainda não sei, muitas coisas eu não sei.
mas já sei quem é meu rei, o nome dele é Jesus, eu já sei. E do reino do céu ele é o rei.''
(Canção de Padre Zezinho).


Paz e bem!

Ana Kátia Santos da Silva
Secretária de Formação Local
Vice Secretária Regional







sábado, 22 de outubro de 2016

SEMANA NACIONAL DE IMMF 2016

     De 02 a 10 de Novembro de 2016 daremos início a mais uma Semana da Infância Micro e Mini Franciscanos.

     É com imensa alegria que a Jufra do Brasil lança o material da 3ª Semana Nacional de IMMF!
   
    A temática escolhida para refletir com as nossas crianças e adolescentes será: o uso das redes sociais.

    Assim o tema " Minha imagem virtual se assemelha a de Cristo?" serviu de base para construção dos materiais produzidos com muito carinho para todas as fraternidades de IMMF do Brasil!


 Lembrem-se de registrar fotos, vídeos e depoimentos com #semananacionalIMMF2016 de modo a favorecer a troca de experiências entre nossas fraternidades nas nossas ferramentas de comunicação.
Vale salientar que as fraternidades de JUFRA que ainda não tem IMMF podem usar o tema para propor a realização do encontro, oficinas e atividades com as crianças e adolescentes de suas paróquias.


BAIXE AQUI OS MATERIAIS





quarta-feira, 19 de outubro de 2016

PROJETO FRANCISCOS DA AMAZÔNIA

A Juventude Franciscana da Área norte realizou de 04 a 09 de outubro o projeto Franciscos da Amazônia que visou debater questões ambientais vivenciadas no local onde as fraternidades estão inseridas, além de propor ações ecológicas que buscassem despertar e conscientizar a comunidade.
Durante o período de realização as fraternidades realizaram encontro e a exemplo de São Francisco foram agentes modificadores com pequenas ações ecológicas que mesmo em pequena escala mostraram que é possível construir um lugar melhor onde vivemos.
Além de refletirmos sobre o nosso papel como jufristas diante de cada realidade, foram distribuídas 50 mudas e foi realizado o plantio de cerca de 100 mudas de plantas e sementes de árvores frutíferas em área desmatada ilegalmente.

O projeto Franciscos da Amazônia foi idealizado junto aos secretários regionais da área norte que mobilizaram os secretários de DHJUPIC de cada fraternidade para dar vida a esse projeto e proporcionar aos jufristas a experiência missionária que deve ser repetida para demonstrar que estamos em sintonia com o cuidado da nossa casa comum.

Por Adrielly Alves
Secretária Nacional para a Área Norte





FESTA NA JUFRA DO BRASIL – HOJE É DIA DE GEAN SOUSA!!!

Nesse dia feliz, agradecemos a Deus pelo dom da vida do irmão Gean Sousa, nosso Secretário Nacional de Ação Evangelizadora. Te desejamos muitos anos de vida, todos cheios das ricas bênçãos de Deus nosso Pai amoroso. Que Ele, pela intercessão de Santa Clara, São Francisco de Assis e Santa Rosa de Viterbo te ilumine e guie na caminhada.

Feliz aniversário, Paz e Bem!